sexta-feira, 3 de junho de 2011

Ser Mãe é....

Minhas Princesas...Amo muito vocês..

Ser mãe é dividir o espaço da cama com um corpinho que te joga pra fora e te deixa sem coberta, cujas perninhas não param de te chutar. Sem falar a cabecinha, que teima em lutar contra a lei da física, que diz que dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço, e quer ficar em cima da sua…

É desistir de assistir qualquer coisa, porque mãozinhas quentes pegam o seu rosto e seguram firme de encontro a narizinhos pequenos e arrebitados, escutando uma vozinha mansa falar “mamãe, olhe pra mim!”… Isso depois de brincar de boneca, de casinha, de desenho, de esconde-esconde embaixo das almofadas…

Ser mãe é fazer carinhas felizes em mãozinhas minúsculas e receber riscos na sua, acreditando que são outras carinhas felizes… É socorrer estas carinhas do papel, quando estão escondidas por riscos com medo do monstro…

Ser mãe é sofrer por antecipação e chorar escondida pelo braço do papai quando tem de levar a pequena fazer exame de sangue…

Ser mãe é ser procurada na apresentação da escola, e receber um abraço apertado depois do final, depois de vários ‘beijinhos voadores’.

É ter de ouvir a clássica pergunta, depois de vestir o uniforme pela tarde: “vou pra tolinha??(escolinha)”. É ser recebida na porta da escola, no fim do dia, com abraços e beijos, seguidos de um “oi mamâe!!” e logo depois ver um dedinho apontado pra pastelaria da frente pedindo pra comer pastel. E quando chega lá, sair com o pastel e um chocolate…

É virar a cidade atrás de uma fantasia da Cinderela, e não achar, mas ficar encantada quando a vê vestida como Bella’, e saber que ela ficaria irresistível com qualquer uma. Aliás, aquele sorrisâo gostoso estampado na carinha dela é que é irresistível...

É assistir 15 vezes no dia os Backyardigans, o Patati Patata, as Princesas, e escutar que vc estragou o desenho da Barbie , sendo que vc ainda nem comprou a Barbie! Mas ser trocada pela avò quando ela chega perto…

É escutar que você tem que comprar aquela boneca, pq sua baixinha ‘picisa’ dela…

É ver o sol levar bronca porque queimou o papai (que foi jogar futebol sem passar protetor solar…)

Ser mãe é ouvir “mamãe, ti amo muito muito…”! E não tem nada melhor do que isso…

Ser mãe é ficar aflita com febres e tosses, é levantar de madrugada pra levar ao banheiro, é ficar desesperada quando eles se escondem nas lojas de brinquedo no shopping, é ter de colocar de castigo quando eles mordem o amigo… mas ter de presente todos os dias um sorriso doce de uma pessoinha que amamos mais do que tudo nessa vida..

2 comentários:

  1. Ser mãe é tudo de bom amiga, é conhecer um amor tão grande, mas tão grande que só quem é mãe conhece, um amor sem igual, amor incondicional, amor eterno, amor sem limites, ser mãe é uma benção.
    Bom final de semana!!!!

    ResponderExcluir
  2. Ser mãe é tudo de bom!
    Beijinhos.

    ResponderExcluir

OBA!!VOCÊ VAI COMENTAR....
MAMÃE MAH... E SOPHIA AGRADECEM..